O desespero do Yahoo!

O fundador do Yahoo!, Jerry Yang, reassumiu a presidência da empresa em junho do ano passado, com a missão de tirar a companhia da crise. Yang acaba de divulgar uma das principais medidas para tentar fazer com que a empresa volte a dar lucro: vai demitir pelo menos 1000 funcionários. A medida deve gerar uma economia anual de 100 milhões de dólares.

O curioso da notícia é que apesar de ser uma empresa de internet, o Yahoo! está adotando uma estratégia super tradicional para sair do aperto. Será que o problema da empresa é o inchaço ou a falta de criatividade? Será que o problema não é que a empresa se perdeu no meio do caminho e deixou que o Google dominasse tudo?

Tenho minhas dúvidas de que essa demissão em massa vá resolver alguma coisa.Parece solução de montadora de Detroit (e a gente sabe bem como GM, Ford e Chrysler estão perdidas...)

Microsoft oferece US$ 44,6 bi para compra do Yahoo
A Microsoft Corp tornou pública nesta sexta-feira, dia 1, uma proposta de compra à gigante empresa de buscas Yahoo Inc. O acordo para a formalização do negócio envolveria ações e dinheiro no valor de 44,6 bilhões de dólares. Segundo informa a agência de notícias Reuters, a empresa fundada pelo bilionário Bill Gates, propôs os valores de 31 dólares por ação, o que representa, de acordo com a própria Microsoft, um prêmio de 62 por cento sobre o preço do papel da empresa no fechamento de quinta-feira.


Fonte: Por Cris Correa, in Blog Por Dentro das Empresas - portalexame.abril.com.br e www.adnews.com.br
0