Empresas contratam estudantes para “twittar”

As empresas já perceberam que estar nas redes sociais pode aumentar as vendas e difundir a marca para um grande público. E para aumentar a presença desses negócios na internet, as empresas estão contratando jovens estudantes que atualizam as páginas das companhias no Twitter – um serviço de microblog que permite escrever frases de até 140 caracteres. A escolha pelos jovens é simples: eles estão super familiarizados com a internet e o Twitter.

A Pizza Hut, por exemplo, contratou estudantes que ficam o dia inteiro escrevendo sobre a empresa no Twitter, falando principalmente das promoções. Os estagiários também respondem a dúvidas dos internautas em tempo real. "Tento publicar 10 notícias por dia", afirma a estudante Alexa Robinson, de 22 anos, estagiária da Pizza Hut no Reino Unido.

Com esse trabalho, em poucas semanas o número de seguidores da Pizza Hut passou de 3 mil para 13 mil no Twitter. “A mídia social é importante por causa da rapidez de comunicação”, disse Chris Fuller, diretor de marketing da Pizza Hut, ao Mail Online. “Rapidamente nós descobrimos o que os clientes gostam e o que eles não gostam.”

As mensagens respondidas pelos estagiários no Twitter não passam por nenhum supervisor, o que pode ser um risco para as empresas já que tais respostas são vistas pelos clientes como sendo oficiais por parte da empresa. Para evitar problemas, é importante deixar bem claro para os estudantes que o Twitter das empresas não deve ser usado como o Twitter pessoal dos estagiários.


Fonte: empresas.globo.com/empresasenegocios
0