Prova do BBB teria causado imagem negativa ao Guaraná Antarctica

Bastante comentada na imprensa e pelo público, a aparição de Ronaldo no Big Brother Brasil 10 parece ter agradado aos participantes e aos expectadores da atração, menos à Ambev. Viabilizadora da entrada do jogador na casa, a multinacional, detentora da marca Guaraná Antarctica, teria ficado insatisfeita com o resultado da ação de merchandising feita no reality show e já teria mostrado seu descontentamento à TV Globo.

A reclamação da marca questiona a maneira como a prova foi elaborada. Exibida no sábado, 6, a disputa consistia em um circuito no qual os participantes deveriam jogar um dado que determinava a quantidade de copos de Guaraná Antarctica que deveriam beber, vencendo aquele que completasse a atividade em menor tempo. Durante a prova, que teve como juiz o jogador do Corinthians, os participantes demonstraram um certo desconforto ao ter que tomar vários copos de guaraná, na sequência.

Por isso, a Ambev teria avaliado que, em vez de propagar uma imagem positiva da marca, o merchandising feito no BBB acabou gerando um resultado negativo para a marca. Por isso, a companhia de bebidas teria feito uma reclamação junto à Globo. Esta, para tentar compensar a situação, prometeu fazer uma nova ação do Guaraná Antarctica dentro do reality show.

Procurada pela reportagem de M&M Online, a Ambev afirma não ter conhecimento sobre o assunto. Já a DM9DDB, agência detentora da conta publicitária do Guaraná e responsável por todas as ações de merchandising feitas no reality, alegou que ainda não recebeu nenhuma notificação do anunciante a respeito do ocorrido no BBB.


Fonte: Por Bárbara Sacchitiello, in Meio & Mensagem
0