Experiências a oferecer

É uma tendência crescente a utilização de ferramentas de comunicação e Marketing que vão além das mídias tradicionais. O que essa nova tendência aponta é o desejo dos consumidores em viver experiências novas com os produtos e as marcas que eles conhecem há tanto tempo – ou com as desconhecidas. Não há mais uma relação direta propaganda-compra ou propaganda-identificação com a marca. A publicidade se alia a essas ferramentas non-media para extrapolar o comercial e fazer a mensagem dos 30 segundos perdurar na mente do consumidor.

O Marketing de experiências surge para atender a essa demanda dos consumidores por novas vivências e dos anunciantes por uma nova comunicação para suas marcas. Já vemos alguns anunciantes requisitando esse tipo de serviço e algumas agências executando-os muito bem. Mas, excetuando-se alguns casos, o leque parece estar um tanto restrito na realidade brasileira.

Não faltam bons exemplos de ações de guerrilha e de Marketing promocional sendo executadas no Brasil de forma muito inteligente. E não há nada de errado nisso, essas são ferramentas extraordinárias na construção de buzz e de relacionamento com o público. Mas essas não são as únicas ferramentas capazes de oferecer ótimas experiências ao seu público.

Vejamos o caso do Absolut Ice Bar, em Londres. Trata-se de um bar com decoração, acessórios, mesas, cadeiras, copos, tudo feito de gelo. Para entrar no bar é necessário usar um casaco e luvas especiais, pois a temperatura lá dentro é bem baixa. Em compensação, o impacto gerado em seus visitantes é altíssimo por se tratar de uma experiência única. Tão única que o bar virou não só referência em estudos de cases de Marketing, mas também pauta em várias matérias jornalísticas e programas de TV – do Brasil inclusive.

Outro exemplo é o Sovhotell (hotel para dormir) que a rede de móveis Ikea montou em um shopping center de Estocolmo. Consistia em um stand onde os visitantes, após escolherem o travesseiro apropriado para a forma como costumam dormir (de bruços, de costas ou de lado), podiam tirar uma soneca de 15 minutos em uma das camas do stand, devidamente paramentados com uma máscara de dormir e headphones com sons relaxantes. É uma interessante aplicação do conceito de tryvertising: divulgar e promover marcas e produtos através de ações de experimentação.

Esse tipo de ambientação ou mesmo eventos patrocinados ou proprietários de uma marca obviamente pedem um investimento maior, mas também geram um impacto maior em seus participantes. E, muitas vezes, eles nem apresentam nenhum tipo de apelo de venda, pelo menos não imediata. Contudo geram uma vivência única para o visitante, que se converterá em um consumidor mais envolvido com a marca, fazendo-o lembrar aquela experiência da próxima vez que for escolher sua bebida ou a loja onde comprará seus móveis.


Fonte: Por Tiago Sitônio - Sócio e Diretor de Criação Estratégica da Inusitada Marketing de Experiências, com a colaboração de Eric Eustáquio, in www.mundodomarketing.com.br
0