Classe média planeja consumir mais em 2008

Com os juros estabilizados, mercado interno aquecido e crescimento do crédito, as expectativas de consumo para 2008 são bem mais positivas do que no ano passado. A conclusão é de estudo da TNS InterScience, empreda de pesquisa Ad Hoc (sob encomenda), realizado em novembro de 2007 na cidade de São Paulo.

Segundo o levantamento, promovido para entender as expectativas da população em relação a poder de compra, endividamento, sonhos e planos para este ano, a classe média está mais otimista do que a baixa renda e acredita que em 2008 terá mais acesso ao consumo. Outro dado favorável do estudo, que ouviu 408 pessoas com mais de 20 anos, das classes A, B, C e D, é que esse grupo, que registrou melhoras em seu poder de compra em 2007, se sente menos endividado que em 2006.

De acordo com a pesquisa, 52% dos entrevistados de classe média já sentiram que seu poder de compra aumentou em 2007 e 65% acreditam que vai continuar melhorando em 2008. O mesmo movimento ocorre em relação à baixa renda: 47% avaliaram que 2007 foi melhor que o ano anterior e 53% acreditam que a tendência é melhorar ainda mais neste ano.

De todas as medições realizadas anteriormente pela TNS InterScience (entre 1997 e 2007), observou-se que 2007 registrou maior parcela de entrevistados com perspectiva otimista (59%) em relação ao aumento do poder aquisitivo no ano seguinte. Em 2005, apenas 46% das pessoas acreditavam nessa possibilidade.


Fonte: www.consumidormoderno.com.br
0