Levi's usa música para se reaproximar dos jovens

A plataforma musical foi a forma encontrada pela Centoe­seis para reforçar as conexões da Levi?s com o público jovem. Para isso, a agência criou o projeto Levi's Music, que engloba patrocínio a bandas independentes, criação de uma página na internet com conteúdo musical e lançamento de coleções especiais e acessórios temáticos, além de campanha publicitária e ações no ponto-de-venda.

De acordo com Ricardo Al Makul, sócio-diretor de atendimento e planejamento da Centoeseis, a marca estava com ruído na comunicação com os jovens, e sua demanda era voltar a ser desejada por esse público. "Assim como a música, a marca sempre transgrediu. Chegar à idéia da plataforma música foi fácil; a questão era como nos apropriar disso de uma forma interessante", conta.

Na página na internet, no ar desde a semana passada no site www.levi.com, os consumidores terão informações e poderão fazer o download de músicas das bandas patrocinadas pelo projeto. São elas: Vanguart, Forgotten Boys, Mallu Magalhães, Cine SP e Drive. As bandas receberão apoio para divulgação e promoção de suas músicas por um ano. Também será possível baixar protetores de tela e papéis de parede, além de ouvir a programação da Rádio Levi's.

O site tem ainda quatro colunas ligadas ao universo musical, assinadas por Adriana Penna e Jô Hallack (com a agenda dos shows em Brasília, Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo); Mauren Motta (que vai falar sobre música sob o ponto de vista da moda); Paula Guedes (cenário musical contemporâneo); e Mônica Figueiredo (sobre curiosidades da história da música).

Para os pontos-de-venda, a agência desenvolveu totens estilizados nos quais os clientes têm acesso a todo o material do portal e podem fazer download das músicas das bandas patrocinadas. Também estão previstos patrocínios de eventos musicais e o lançamento de uma linha de produtos estilizados, como capas para guitarra, violão e iPod, tags em formato de palhetas e bottons, que serão vendidos em datas comerciais específicas.


Fonte: Por Fernando Murad, in www.meioemensagem.com.br
0