Realidade virtual permite a customização de veículos

Imagine uma revenda de automóveis em que a principal atração é uma caverna virtual. O cliente entra e pode observar todos os aspectos de um carro que ainda não existe como se ele estivesse diante de seus olhos. Pode também mudar detalhes do veículo, como a cor e os acessórios, com um clique. Essa aplicação de realidade virtual é uma das peças centrais de um projeto chamado Cater, que une europeus e asiáticos em torno da customização em massa.

Fazer automóveis sob medida é um sonho da indústria automobilística que, na maior parte dos casos, esbarra em problemas práticos. Afinal, o que tornou os carros populares foi a redução de seu preço por meio da massificação. Os engenheiros do Cater afirmam, porém, que seu sistema poderá mudar isso. Na ponta do consumidor, uma das mudanças mais radicais é o uso da tecnologia 3D. Além da caverna virtual, o grupo está desenvolvendo sistemas com TVs especiais ou projeção em paredes. Uma das vantagens do Cater, dizem seus idealizadores, é que suas ferramentas de realidade virtual serão mais baratas e poderão popularizar a tecnologia. A maior parte delas está em fase de testes.

Para encantar o consumidor, o projeto cria o que eles chamam de ferramenta emocional de design. O conceito envolve mostrar para os consumidores imagens que podem ser relacionadas a emoções e, depois, a aspectos de um carro. Óculos escuros sofisticados sugerem, por exemplo, o interesse por um veículo de design moderno e esportivo. “O sistema é bem similar aos quadros emotivos, usados por desenhistas gráficos, que ajudam a definir gostos e emoções por meio de imagens”, diz Manfred Dangelmaier, um dos coordenadores do Cater.

Do lado das montadoras, a intenção é também utilizar as pesquisas com consumidores para ajudar projetistas na criação dos veículos e de possibilidades de customização. O projeto pode ainda estabelecer uma base de dados e sistemas de comunicação que ajudem os fabricantes a filtrar e processar as informações fornecidas pelas revendas. Para os gestores do Cater, a customização pode contribuir com as montadoras para atrair mais clientes e vender mais carros em um momento crítico para o setor. Se conseguir, será uma ajuda nada virtual.


Fonte: Por Edson Porto, in
0