Campanha de picolé russo é acusada de racismo




Uma caricatura que representa o atual presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em frente ao Congresso norte-americano, foi a escolha da agência de publicidade russa, Voskhod, para a campanha publicitária da marca de sorvetes Duet.

A agência espalhou anúncios pela cidade de Yekaterinburg, na região dos Montes Urais, para promover o novo sabor da companhia, um picolé de baunilha com chocolate. O que chamou a atenção, entretanto, foi o mote escolhido pela agência de publicidade.

Junto com a caricatura de Obama, as peças trazem o slogan que pode ser traduzido como: "Está na boca de todos: o preto no branco". Imediatamente após a publicação dos anúncios, algumas entidades ativistas de direitos humanos da Rússia começaram a protestar contra a peça, classificando-a como vulgar e condenando-a por envolver figuras políticas em torno de interesses comerciais.

O diretor de criação da agência, Yevgency Primachenko, entretanto, defendeu a peça afirmando que o mote criativo baseou-se em uma brincadeira e garantiu que as palavras "preto" e "branco" referem-se ao chocolate e à baunilha, ingredientes do sorvete. Apesar disso, ele confirmou que a agência não viu problemas em aproveitar a oportunidade de brincar com a chegada de Barack Obama à Casa Branca.

Os protestos ganharam força em virtude do atual cenário da sociedade russa, que vem sofrendo com casos de xenofobia e ataques violentos provocados por grupos racistas nos últimos meses. Apesar da polêmica, a agência garante que o cliente ficou plenamente satisfeito com o resultado da campanha.


Fonte: www.meioemensagem.com.br, com informações da Reuters
0