Conar suspende peça publicitária da Hyundai Caoa

O Conselho Nacional de Auto-Regulamentação Publicitária (Conar), por meio da Segunda Câmara do Conselho de Ética, acolheu na segunda-feira (16) medida liminar de sustação de anúncio, impetrada pela Kia Motors do Brasil contra a Hyundai Caoa do Brasil, baseando-se no artigo 30, incisos I e II, respaldado pelo artigo 31, inciso III, todos do RICE (Regimento Interno do Conselho de Ética), segundo informações da concorrente Kia.

A medida liminar de sustação de anúncio refere-se à peça "Tucson Imbatível", na qual, ao listar seus principais concorrentes, a Hyundai deixa de mencionar o Kia Sportage, montado sobre a mesma plataforma do Hyundai Tucson. A argumentação da Kia é que a falta dessa informação induz o leitor e o consumidor a equívocos mercadológicos.

Ainda segundo informações da Kia, o despacho da Segunda Câmara do Conselho de Ética do Conar enfatiza que a infração ética alegada configura flagrante abuso da liberdade de expressão comercial, com potencial prejuízo ao consumidor, além de considerar a possibilidade de reprovação deste anúncio ao tempo do julgamento pela Câmara passa resultar ineficaz. O grupo Hyundai Caoa informou apenas que respeitará e acatará a decisão do Conar.


Fonte: Por Sandra Silva, in www.meioemensagem.com.br
0