Instituto Alana denuncia Dr. Oetker ao Procon

O Instituto Alana, pelo seu Projeto Criança e Consumo, denuncia mais uma campanha às autoridades. Dessa vez o réu é a Dr. Oetker, que lançou, em setembro, a campanha "Zoobremesas" - clique aqui para ler sobre a ação. Segundo o Instituto, que denunciou a empresa ao Procon de São Paulo por "adotar estratégia de comunicação mercadológica dirigida a crianças", a campanha "estimula o consumo excessivo de alimentos pouco nutritivos e fazer publicidade clandestina em sites de relacionamento, como o Orkut".

Na promoção, com a compra de cinco produtos da empresa mais uma quantia de R$ 7,99, o consumidor ganha uma mochila animal. Isabella Henriques, coordenadora geral do Projeto Criança e Consumo e responsável pela denúncia, alega que "as crianças passam a consumir os produtos da Dr. Oetker não por necessidade ou qualidade dos alimentos, mas porque querem os objetos ofertados pela promoção. Isso tem sido recorrente nas estratégias de marketing das indústrias que fabricam produtos direcionados ao público infantil".

Procurada, a Dr. Oetker informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que "a empresa não recebeu notificação alguma do Procon quanto ao assunto".


Fonte: www.meioemensagem.com.br
1