Coca-Cola inova com comercial de 3 min e meio no Brasil

A Coca-Cola estréia no dia 3 de março, no intervalo da sessão de filmes Tela Quente, da Rede Globo, a campanha Fábrica da Felicidade. O eixo central da ação é o filme de mesmo nome, que será mostrado em sua versão completa - nada menos que 3 minutos e 30 segundos de duração -, inclusive em canais de TV por assinatura. Criado pelo escritório holandês da Wieden+Kennedy e adaptado para o Brasil pela McCann Erickson, o filme já foi veiculado nos Estados Unidos e pode ser visto no site de vídeos Youtube.

A campanha, que inaugura nova etapa da campanha mundial Viva o Lado Coca-Cola da Vida, além do formato inovador do filme, fora do padrão convencional de 30 segundos utilizado na publicidade em TV, é integrada também por um conjunto de ações em internet, mídia externa, mídia indoor, cinema e o lançamento de uma garrafa especial.

Desenvolvida com a participação de profissionais de vários países, Viva o Lado Coca-Cola da Vida tem sido determinante para a excelente performance de Coca-Cola no Brasil, com elevados índices de participação de mercado e de identificação dos consumidores com a marca. Em sua primeira fase, lançada em 2006, a campanha contribuiu para que a linha Coca-Cola - composta pelas versões regular, light e zero - superasse, em 2007, a histórica marca de 24 bilhões de copos.

A empresa não revela números de investimento, mas garante que a ação vai receber uma boa parte da verba de marketing da marca Coca-Cola este ano. Além da veiculação em TV, a campanha será apresentada em salas de cinema da rede Cinemark. O filme será apresentado com o mesmo tipo de divulgação que um longa metragem, com cartazes anunciando sua estréia, e haverá atividades interativas para envolver a platéia presente à sessão.

"A Fábrica da Felicidade é uma campanha importante e audaciosa pelo seu formato, pelo investimento e pela variedade de meios que vamos utilizar. Estamos otimistas e ansiosos por vê-la logo na mídia", afirma Ricardo Fort, diretor de marketing da Coca-Cola Brasil. A campanha - produzida pela americana Psyop, especializada em animação - ficará no ar por três meses e terá forte apoio de mídia exterior, além de ações na internet e em telefones celulares.


Fonte: Por Eliane Pereira, in www.meioemensagem.com.br e adnews.com.br
0