Páscoa movimenta varejo e grandes marcas

A Páscoa é só no dia 23 de março, mas desde o carnaval já é possível ver chocolates nos supermercados e nos mais diversos pontos-de-venda de todo o país. Com ovos, barras, alimentos e presentes para todos os gostos, os fabricantes de chocolate estão otimistas com a data. A Associação Brasileira da Indústria de Chocolate, Cacau, Balas e Derivados – Abicab – estima que a produção de ovos de Páscoa em 2008 cresça em 7% em relação ao último ano.

São mais de 22 mil toneladas de chocolate produzidas, o que deve gerar um faturamento de R$ 767 milhões, 12% superior ao de 2007. Só o Carrefour, maior rede varejista do País, comercializará 8,2 milhões de unidades de ovos de páscoa, o equivalente a 1,6 mil toneladas de chocolate. Já o Pão de Açúcar espera chegar a marca de 2 mil toneladas vendidas ao longo de 40 dias, uma vez que a rede já expõe os produtos para a data antes mesmo do carnaval.

Considerado uma das principais datas comerciais do ano, a Páscoa movimenta não só o varejo, mas toda uma indústria ligada ao segmento. A Nestlé preparou oito lançamentos, novas embalagens e formatos. A marca Alpino, uma das mais vendidas, ganhou nova embalagem desenhada pela Future Brand e se juntará aos outros 28 produtos oferecidos pela Nestlé.

Aposta no licenciamento
Um dos lançamentos da marca neste ano é o Ovo de Páscoa Sollys, com 190 gramas de chocolate com soja, 0% de lactose e colesterol. A grande aposta da Nestlé, porém, são os produtos direcionados às crianças. Assim como seus concorrentes, o investimento em produtos licenciados foi alto. A fabricante produziu produtos com a marca do Batman, Superman, As Meninas Superpoderosas e Homem-Aranha.

A Garoto não ficou atrás. Uma das três maiores fabricantes de chocolates do Hemisfério Sul, a marca terá licenciamento de Shrek, Hi Hi Puffy AmiYumi, Smilingüido e Bratz. A maioria deles traz brinquedos dentro. Segundo dados da Nielsen, os ovos infantis com brinquedos respondem por 27% do volume e por 35% das unidades vendidas. Com relação à 2007, a expectativa é que este segmento cresça 12%.

Com 14 lançamentos, a Garoto investe forte também nas marcas Serenata de Amor Jóia, Talento Trufas, Talento Frutas Vermelhas e Baton. Tem até Ovos dietéticos para quem não pode ingerir grande quantidade de açúcar. O ovo de chocolate ao leite diet é, inclusive, certificado Associação Nacional de Assistência ao Diabético.

Promoção aquece a data
Para incentivar as vendas, a Mars Brasil, fabricante da marca M&M, criou uma promoção. O vencedor ganhará um ovo especial de cinco quilos e uma viagem para Nova York com acompanhante para conhecer a M&M’S World, uma loja exclusiva da M&M com direito a comprar mil dólares em produtos da marca.

Já Lacta, líder de mercado que em 2007 obteve 36,9% de participação, fabricou nada menos do que 21 milhões de unidades de ovos. A marca da Kraft também contratou um exército de 5.200 promotores que tentarão fisgar os consumidores no ponto-de-venda. Ao todo, a marca terá 39 opções de produtos, como os tradicionais Sonho de Valsa, Bis e Diamante Negro. Entre as novidades, o ovo MTV, destinado aos jovens.

Briga no ponto-de-venda
Neste ano, porém, as grandes marcas terão concorrentes de peso nas gôndolas. Todos os grandes varejistas fizeram altos investimentos em suas marcas próprias. Americanas, Carrefour, Pão de Açúcar, Wal-Mart tem até linha de ovos licenciados, com nomes como High School Musical, Carros, Princesas, Hot Wheels, Moranguinho, Mickey, Minnie, Ursinho Pooh, Pequena Sereia e Bob Esponja. De acordo com a Top Cau, fornecedora de chocolates com marcas licenciadas, o crescimento das vendas de ovos de Páscoa com personagens deverá ser de 7%, enquanto em 2007 esse aumento foi de 5%.

Para o varejo, a Páscoa representa a segunda melhor data do ano em termos de vendas. Isso porque não é só ovo de chocolate que vende. Assim como todos os varejistas, as lojas da rede Pão de Açúcar e Extra Hipermercados esperam um incremento em 30% nas vendas. O Extra, inclusive, está promovendo uma promoção, dando 10 mil prêmios instantâneos e investindo R$ 13 milhões em campanha para a ação. Como se vê, não é só o Coelho da Páscoa que fica feliz nesta época do ano.


Fonte: www.mundodomarketing.com.br
0