O processo de criação da Ikea

Os encantadores e modernos móveis e a comunicação da empresa de varejo sueca Ikea são inspirados em sustentabilidade e na preocupação com o aumento da qualidade de vida. Percepção que traduz o estilo de vida sueco, adepto de hábitos simples, ecológicos e ao respeito do meio ambiente.

Atualmente, apenas 30% a 40% da produção da fabricante de móveis e artigos de decoração está concentrada na Europa. A maior parte dos móveis é produzida em países emergentes como a Índia. E é destes países que vêm as idéias para criar móveis e toda a comunicação da Ikea, que é gerenciada pela Ikea Communication.

A design sênior da Ikea Anna Efverlund, que participou de café da manhã com editores no 15 Fórum de Editores da Associação Mundial de Jornais (WAN) nesta terça-feira, 03, passa metade do ano na Suécia, onde fica a sede da Ikea, e metade do ano na Índia, China e Tailândia. "Gosto de criar na fábrica junto com os funcionários. Não invento simplesmente uma idéia. Recebo um briefing dos que os consumidores querem e esperam da Ikea e busco inspiração nas ruas. Anualmente, ouvimos também milhares de consumidores nas lojas. Perguntamos para saber novos pontos-de-vista", afirma Anna.

Anualmente a Ikea, que contabiliza um bilhão de visitantes em suas lojas, lança o catálogo de móveis em vários idiomas, com tiragem de 200 milhões de exemplares. A primeira publicação ocorreu em 1951.

Para a criação do catálogo, a Ikea tem um estúdio semelhante a uma mini-Hollywood na Suécia, com 20 fotórafos fixos e free lancers, conta Anna. São dois mil ambientes fotografados em estúdio por ano, em fotos cujo maior desafio é a luz perfeita em cada cenário.

"Recebi a reclamação de um cliente da China que questionava porque não colocávamos fotos da família inteira na comunicação da Ikea. Mas nem sempre é possível incluir famílias. Em geral, os cenários têm apenas uma pessoa", afirma. O foco da Ikea é fazer sempre o mesmo (repetidas vezes) mas em formatos diferenciados - 'same, same, same but in differents formats'.

A Ikea tem vários projetos em sustentabilidade. Até 2015, a empresa espera produzir cotton (algodão) 100% sustentável, em parceria com a ONG WWF. Na Índia, onde a companhia tem linha de fabricação, é desenvolvido projeto social com mulheres. Também há projeto da Unicef para ajudar crianças carentes. E para atrair consumidores mais jovens, a empresa está estudando novas formas de comunicação, principalmente os jovens consumidores.

A designer senior Mia Lundstrom, que também participou do encontro com editores da WAN em Gotemburgo (Suécia), afirma que há rumores sobre a entrada da Ikea no Brasil. "Mas por enquanto não há nenhum plano para o Brasil. Vamos expandir para a Índia, Rússia e Ásia".


Fonte: Por Sandra Silva, in www.meioemensagem.com.br
0